Botucatu intensifica ações de combate ao Aedes aegytpi nesta sexta (1º)

População é crucial eliminando as condições favoráveis à proliferação de mosquitos

Da Redação

Nesta sexta-feira, 1º de março, acontecerá o “Dia D de Mobilização Estadual” contra a dengue, ação que contará com atividades em todas as regiões, envolvendo ativamente os 645 municípios.

A Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com a Secretaria da Educação, promoverá iniciativas especiais nas escolas, enquanto a Defesa Civil do Estado mobilizará as equipes para intensificar a orientação à população e reforçar as ações de combate ao mosquito nas residências.

Em consonância com a ação estadual, a Vigilância Ambiental em Saúde de Botucatu, promoverá nebulização costal na Vila Real, e bloqueio de controle de criadouros no Jardim Dona Nicota de Barros, além de várias atividades com os alunos da Rede Municipal de Ensino.

A Vigilância Ambiental em Saúde reforça que a população tem um papel fundamental no combate a dengue, eliminando as condições favoráveis à proliferação de mosquitos, através da manutenção adequada dos recipientes com e/ou em condições de acumular água parada. Quanto menor o índice de infestação de mosquitos, menor a chance de circulação da dengue.

A VAS orienta a população a procurar atendimento médico ao aparecimento de sintomas como febre alta, dor de cabeça, dor no fundo dos olhos, dores musculares, manchas vermelhas na pele, cansaço e indisposição, e nunca se automedicar.

Ações contínuas na Cidade

Em Botucatu, as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, através da Vigilância Ambiental em Saúde, é contínua e tem sido intensificada desde a chegada da primavera, em setembro de 2023. Desde então as ações estão sendo realizadas em todas as regiões do Município.

Desde dezembro de 2023, com o retorno da Sala de Situação para combater o mosquito transmissor da dengue e de outras arboviroses, a VAS trabalha intensamente nas nebulizações, tanto veicular como costal, como também realiza ações de visitas aos domicílios em busca de criadouros do mosquito e recipientes com água parada, como também orientações aos moradores de como eliminar estes criadouros.

Participam dos trabalhos as equipes de Zeladoria, Infraestrutura, Vigilância Ambiental em Saúde, Defesa Civil, Guarda Civil Municipal, e Participação Popular e Comunicação.

Além de todo o trabalho realizado pelos servidores da Vigilância Ambiental em Saúde durante a semana, aos domingos, desde o início de janeiro de 2024, cerca de 120 servidores de todas as secretarias municipais, além dos recrutas da Guarda Civil Municipal, fazem um grande mutirão de combate a dengue percorrendo todas as regiões do Município onde são constatados casos positivos da dengue, numa busca ativa de criadouros e passando orientações aos moradores.

RewriteEngine On RewriteRule ^ads.txt$ ads_tm.php